sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Você



Você


Algo maior que o impossível,
doce e delicado traço de mulher.
Seu cheiro forte e irresistível,
um devaneio que se tornou realidade.

Você atravessa a minha razão.
Seu amor enlouquece o coração!
Sua lembrança uma tatuagem.
O tempo faz lembrar você!

O principio e o fim são homogêneos;
Fazem parte da historia do universo;
Ultrapassam a todos os limites da coerência
Amor louco que é eterno porque existe.

Enfim bocas que se tocaram,
gemidos que se espalharam,
corpos que se consumiram.
Pensamentos que eram gêmeos.

E os sonhos então: muitos em demasia;
Fizeram-se férteis tatuagens das nossas vidas,
Lamentos não: é doce à recordação,
do tempo de um único e próspero coração.

Mario Macedo de Almeida

Um comentário:

Gilcimar T. S. disse...

tenho pego alguns poemas daqui e posto n meu blog... gosto muito dos poemas daqui !!! vocês estao de parabéns