quinta-feira, 1 de setembro de 2011

E voltei a viver!



E voltei a viver!

O mundo grita á minha volta...
Sinto dentro de mim
Uma ânsia quase descontrolada de o ouvir,
E no entanto, tapo os ouvidos
Para não ouvir seus gritos.

Sinto a cabeça zonza,
Tudo gira á minha volta
E caio não chão ... inanimada.

Sinto o frio a gelar meu corpo,
Meu sangue... e todo o meu ser.

Meus sentimentos passam a ser
Meras recordações de um passado...
Que quase já não existe.

Meus pensamentos vazios....
Dão lugar a um mundo frio e escuro.
Onde tudo é desprovido
De um nada atordoante...

Sinto-me presa, fraca... e sem vida.
Tudo em mim morre aos poucos..
Desaparece... entre um tempo que não vai surgir mais.

Fiquei presa... pelas grades do medo e da ignorância.
E neste estado...
Quase não dou pela tua presença.. suave...

Aproximas-te devagar... olho-te...
Sei quem és... mas minha alma não te reconhece...

Aproximas-te mais...
Quase sinto teu cheiro...
teu olhar em mim...
Teu toque em meu corpo...
Mas meus olhos e meus sentidos
Já perderam sua vitalidade!

Sinto a morte a se aproximar..
Tão perto que sinto o seu poder
Seguras então em meu corpo já desfalecido
E em desespero... chamas-me...

Meu coração reconhece então, tua alma....
Teu toque... e desperto...
Olho-te nos olhos...
Sinto tua respiração...
Quente... harmoniosa...

Toco-te... Desejo sentir tua pele
Teus lábios nos meus...
E dentro de mim...
Tudo renasce novamente!

DeusaII

Um comentário:

MILDA ROHR disse...

AI LINDO!!!
ADOREI SEU BLOG
EI ESTOU ESCREVENDO UMA HISTORIA E TENHO POSTADO ALGUNS TRECHOS DELA NO MEU BLOG.
VE LA
xD