domingo, 1 de janeiro de 2012

No restolho dos sentidos...



No restolho dos sentidos...

Geme de sentidos …
O restolho apaixonado
Um vento que se faz tempo
Duas almas e o céu tão perto

Geme de sentidos…
O meu sonho no teu peito
Num abraço meio despido
Uma loucura de amar sem teto

Num restolho apaixonado
Um beijo descobre o mundo
Numa tela em que te invento
Cores de mel, pele na pele…

Geme de sentidos….
O restolho apaixonado
Um abrigo tatuado na alma
No coração de quem se quer tanto…

lua-verde