terça-feira, 7 de junho de 2011

Eu quis matar...



Eu quis matar...

Eu quis matar o que sentia por ti
Quis te esquecer
Dizia a mim mesma
Este, este homem só me faz sofrer
Um dia eu me dei conta que sofria porque queria
O amor tem o dom de nos trazer alegria
Nada nos distancia
Eu te amo
Um amor sem explicação
Mas que amor pode ser explicado?
Se tem gosto de pecado?
Tem gosto de eterno, de plenitude
Não é um amor da juventude
Mas é um amor
Finalmente eu percebi
Não estou ao teu lado e não vivo sem ti
Eu quis matar o que nunca vai morrer
Não vivo mais sofrendo, esperando...
sonhando
Apenas vivo este amor que sinto

Sonia Delsin

5 comentários:

Um brasileiro disse...

oi . tudo blz? estive aqui e gostei. lindos poemas. apareça por la. aproveite vote em mim nos links top a direita. agradeço. abraços.

Evilim_Reis disse...

Segueeee meeeeu bloog !
http://evilimreis.blogspot.com/
Agradeço desde já @@

Marcos Ruginski disse...

Oiii adorei seus sentimentos o poeta vive disso entra no meu blog vamos ser amigos tambem escrevo.

http://poesiadomarcos.blogspot.com/

Tathiane Galdino disse...

Isso mesmo: O amor tem o dom de nos trazer alegria. Adorei o seu blog!Assim que puder visite também o meu blog de poesias.


Um abraço!

Paloma disse...

Olá! Gostei muito do seu blog...gostei do texto e achei as fotos divinas! Meu blog é sobre comunicação.Quando puder passa lá!