quarta-feira, 9 de abril de 2008

É assim o meu amor



Infinitamente, te amarei
Mesmo que tudo conspire contra mim
Eu enfrentarei todos e tudo
Não medirei esforço, gritarei te amo!
De peito aberto. Jamais ficarei mudo

Mesmo que todo o mundo fique contra
Encontrarei forças para continuar
Tornar-me-ei forte, destemido
Jamais terei medo de te amar

É assim o meu amor por ti
Capaz de remover as mais altas montanhas
Escalar picos, romper oceanos
Um amor forte, como a natureza
Capaz de realizar todos os meus planos

E por onde quer que vás
Contigo estarei, ali, sempre por perto
Nos meus sonhos, na minha saudade
Na lembrança terna de tua ausência
Para meu prazer, para minha vaidade

Paulo Gondim

2 comentários:

Deah disse...

Hey amiga vc conhece a Florbela Espanca, otima poetiza...

claudia→www.omeudoce.cantinho.zip.net disse...

bom dia miguxa!!!passadinha para te desejar um final de semana fabuloso e dizer q tem selinho da campanha da amizade pra vc lá no meu cantinho.beijos na alma e no ♥