domingo, 23 de maio de 2010

Mantenha-me vivo



Mantenha-me vivo

Quero você, preciso
pois sem você, … nem sei...
Tudo voltaria a ser triste
Sem cor, motivo, sem riso
Com apenas uma lei
uma triste solidão que insisti,,,

Quero muito te amar
e afastar-me desta amargura
que vem me dizer que vai embora
e me faz temer e congelar
se for levas toda a ternura
e eu morrerei na mesma hora

Porque não sobrará vida
apenas existência e frio,
descrença e ausência.
Então não me deixe querida
ou retorno ao vazio
de uma não existência

Para ti mantenham-me vivo,
de seu amado me chame,
e sossegue este meu tremor
fazendo-o sem motivo...
Fale que me quer, me ame...
apenas me ame, meu amor

Arnault

3 comentários:

Anônimo disse...

legal essa poesia mais será que tem como você postar poesias mais pequenas?

Anônimo disse...

legal essa poesia mais será que tem como você postar poesias mais pequenas?

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver meu Curso de Informática online.Emily Nascimento