domingo, 26 de julho de 2009

Eternamente Meu



Eternamente Meu

Pode ser que o sol não aqueça,
mas seus braços ainda serão quentes.
Pode ser que a lua não ilumine,
mas seus olhos ainda terão luz.
Pode ser que a estrela não brilhe,
mas seus cabelos ainda serão de prata.
Pode ser que a chuva não caia,
mas sua boca ainda umedecerá meu corpo.
Pode ser que o botão não floresça,
mas sua pele ainda exalará perfume.
Pode ser que a música não toque,
mas seu corpo ainda dançará em minha mente.
Pode ser que o pássaro não se liberte,
mas seu desejo me fará alçar vôo...

Pode ser que eu morra,
mas, ainda assim, a vontade de ter você será eterna!

(por Manu Hawk - 20/09/2004)

Um comentário:

Prys disse...

Muito lindo
Escrito de corpo e alma!

Priscila