sábado, 23 de março de 2013

Venha, simplesmente venha!

 
Venha, simplesmente venha!
 
Que venha teu amor de peito aberto,
De um olhar certeiro e certo,
De que a chuva no deserto,
Mudou o destino incerto.
 
Que venha, simplesmente venha,
Que eu te dou, do amor a senha...
No teu fogo, me atiro lenha...
Venha, simplesmente venha!
 
Se o fogo queimar a lenha,
Coração não se detenha,
A lenha é brasa ao fogo.
 
Fogo queimando a lenha...
Esta é a tua senha,
Se quiser amar de novo.

AUTORA: Poetisa Cléo Alves

2 comentários:

Marcos Andre - Professor disse...

Hum gostei desse, é daqueles de se ler em dias de chuva.
É como canção. É pra quem ama e quer amar sempre.

Anônimo disse...

Diga o nome do seu amor
2.feche sua mao
3.diga o nome de dia da semana
4.seu nome
5.abra sua mao
6.colar isso em outros 15 comentarios e o dia vc disse(etapa n 3)ira dizer-lhe q gosta d vc e vc vai pedir para ser namorados.
Se regeitar este poste ira dar tudo errado estes ultimos 3 anos.