quinta-feira, 23 de outubro de 2008

" BEIJO ROUBADO"



Foi maior que minha razão.
Roubar-te um beijo,
É e sempre foi o meu desejo.

Sei que avancei o sinal,
Mas fui verdadeira e natural.
Um beijo roubado não faz mal.

Sentir seus lábios foi um presente.
Beijar sua boca foi atrevimento.
Beijo roubado coisa de momento.
Jamais cairá em esquecimento.

Sei que fugiu do meu controle.
Corri o risco de não ser retribuída.
Mas seu olhar me deixou
Mas ainda atraída.

Pode ser que eu esteja enganada
Você em nenhum momento
Mostrou-se acuado, assustado.
E sim me pareceu bem agradado.

Senti em seus lábios o doce
Do quero mais....
Senti em seu olhar a vontade
De olhar e voltar atrás.

Quando menos esperei,
O beijo roubado eu ganhei.
Ai depois desse beijo,
Nunca mais eu parei,
E vários beijos roubados
De ti eu ganhei!

*-* Anna A FLOR DE LIS.

Um comentário:

dctorxix disse...

beijos, como vever sem eles

lindo poema anjo

dr x