quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Te amo tanto




Te amo tanto que chega a doer,
doer o meu peito,
o peito que você faz sofrer.

Te amo tanto que chego a chorar,
por não ter você
aqui para me abraçar.

Te amo tanto que só sei sofrer,
porque eu te vejo
de uma maneira que você não me vê.

Mas posso dizer que te amo tanto,
que nunca vou te esquecer,
porque esquecer você seria
esquecer o amor de viver.

cesaraugusto

2 comentários:

Jociele Gonçalves disse...

Nossa!!! O.O
Adorei esse poema!!!
Seu blog é D ++++++!!!
Tudo de bom para você!! Até mais!!

Anônimo disse...

nossa eu adorei este poema pois parese que ele foi feito para mim pos ele combina com migo adorei parabens pelo seu trabalhoque vc continui assim parabens!!